Floresta de placas, quem já ouviu falar?

[PT] Você já ouviu falar da Floresta das Placas (Sign Post Forest) em Watson Lake, no norte do Canadá? Sinceramente eu, Ana, nunca tinha ouvido falar e quando Tiago me contou, eu achei aquilo uma maluquice.

Passamos por lá em nosso caminho de ida, e ao ver e visitar o lugar, minha idéia mudou completamente.

A Floresta das Placas é um dos mais importantes marcos na Alaska Hwy, que é a primeira e principal rodovia construída para se chegar no Alasca.

Quando o exército americano estava construindo a Alaska Hwy no início da década de 1940, os tempos eram difíceis. Além do frio, a região é cheia de mosquitos (ainda é assim hoje) e as pessoas ficavam longe de casa e da familia por muito tempo.

Assim, um soldado recebeu ordens de consertar uma placa. Como estava sentindo muitas saudades de casa, ele colocou na placa a direção da sua cidade natal: Danville, Illinois, 2835 miles.

Assim começou a tradição. Desde então, milhares de viajantes de todo o mundo que passam por ali deixam suas placas mais variadas. Percorrer a floresta é passear na historia dos viajantes. Umas são a própria placa do carro/moto, outras são placas de rua, outras desenhadas.

Chegar ao Alasca vindo de tão longe é emocionante, e também deixamos nossa placa por lá. Difícil foi achar um lugar vago para pregarmos a nossa, e foi graças ao olho clínico do Mateus que achamos um lugar bem legal!

Para lembrar onde está a nossa placa, até pegamos as coordenadas (60°03’49.8″N 128°42’55.1″W). Quem sabe mais para frente possamos ver nossa placa ali em uma 2a. expedição ao Alasca.

Colabore com nossa campanha de finaciamento coletivo para substituirmos nosso carro que ficou destruído após acidente, e ganhe um e-Book sobre planejamento de viagens!
O link da campanha é www.catarse.me/pequenosnaestrada
[EN] Have you ever heard about the Sign Post Forest on Watson Lake in northern Canada? Honestly, I, Ana, had never heard of it, and when Tiago told me, I thought that was nonsense.

We passed there on our way to Alaska, and on seeing and visiting the place, my idea changed completely.

The Sign Post Forest is one of the most important landmarks on the Alaska Hwy, which is the first major highway built to reach Alaska.

When the US Army was building the Alaska Hwy in the early 1940s, times were tough. Besides the cold, the area was full of mosquitoes (it’s still so today) and people were away from home and family for a long time.

Thus a soldier was ordered to repair a sign. Since he was homesick, he put a sign with the direction of his hometown: Danville, Illinois, 2835 miles.

So began the tradition. Since then, thousands of travelers from all over the world who pass by leave their signs. Going through the forest is a walk in the history of travelers. Some signs are cars and motorcycles license plates, others are street signs, others are drawn by hand.

Getting to Alaska from so far away is exciting, and we also left our sign there. It was difficult to find a vacant place to nail ours, and it was thanks to the sharp eye of Mateus that we found a very cool place for our sign!

To remember where our sign is, we even get the coordinates (60°03’49.8″N 128°42’55.1″W). Who knows later in the future we can see our sign there during a 2nd. expedition to Alaska.

Collaborate with our crowdfunding campaign to replace our car that was destroyed after an accident, and win an e-Book on travel planning!
Campaign link is www.catarse.me/pequenosnaestrada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s