Passo Sico: Argentina – Chile

[PT] Saindo da Argentina por Salta, cruzamos para o Chile pelo passo Sico. A estrada é linda, com muitas montanhas nevadas, salares (planícies de sal) e lagoas. Bem típico da região da Puna! Entretanto bastante sinuosa e em boa parte do trajeto viajamos a 4.500m acima do nível do mar. O trecho argentino da pista é em rípio (cascalho) em sua maior parte, enquanto que o trecho chileno é totalmente asfaltado e em ótimas condições.
Nosso destino final era a cidade de San Pedro de Atacama, localizada no deserto do Atacama, norte do Chile, de onde tínhamos lindas lembranças.
Os trâmites Argentina e Chile são feitos em conjunto na mesma aduana, e quando estávamos vendo a documentação, a Sofia reclamou de leve dor de cabeça. Na mesma hora nos ofereceram oxigênio, pois é comum se sentir mal quando estamos em altitudes elevadas, e nos levaram para o dormitório do time Argentino para que pudéssemos descansar um pouco.
Foram super solícitos, e além do oxigênio, nos deram chá e doces para as crianças.

Revigorados, seguimos viagem aproveitando as belas paisagens da Puna, e chegamos ao deserto do Atacama bem na hora de um belo pôr-do-sol!

 

[EN] After leaving Argentina from Salta, we crossed to Chile by the Sico pass. The road is beautiful, with lots of snowy mountains, salt flats and ponds. Very typical of the Puna region! However, the road is very winding and for most of the journey we traveled 4,500m above sea level. The Argentine stretch of the road is mostly gravel, while the Chilean stretch is totally in tarmac and in excellent conditions.

Our final destination was the city of San Pedro de Atacama, located in the Atacama Desert, northern Chile, from where we had beautiful memories.

The border procedures from Argentina and Chile are made together in the same customs, and while we were checking the documentation, Sofia complained of a slight headache. Immediately we were offered oxygen by tem customs team (it is common for someone to feel sick while in high altitudes), and the team took us to the Argentine team’s dormitory so we could rest for a moment.

They were super solicitous, and besides the oxygen, they also offered the kids tea and candies.

Refreshed, we continued our journey enjoying the breathtaking landscapes of the Puna, and we arrive in the Atacama Desert just in time to appreciate a beautiful sunset!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s